LANDERTROPIN 100UI

R$1,750.00

Compre Agora Pelo WhatsApp

LANDERTROPINA

Somatropina 3,70 mg

Pó para solução injectável

Intramuscular (IM) e Subcutâneo (SC).

FÓRMULA

Cada frasco contém

Somatropina: 3.70 mg (equivalente a rhGH 10 UI)

FORMA DE APRESENTAÇÃO: caixa com 10 frascos de frascos transparentes de 1 mL

Categoria:

Descrição

LANDERTROPIN 100UI!

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS:

Atraso do crescimento pediátrico devido a uma secreção inadequada do hormônio de crescimento endógeno.

Queimaduras severas

Deficiência de hormônio de crescimento (DGH) devido a uma doença do hipotálamo – hipófise, ou como diagnosticada por meio de dois testes independentes de hormônio de crescimento.

LANDERTROPIN 100UI

Descrição do produto

CONTRA-INDICAÇÕES:

LANDERTROPIN não deve ser usado para estimular o crescimento em crianças com epífises fechadas.

LANDERTROPIN não deve ser usado em pacientes com infecções generalizadas graves que estão em choque agudo.

REAÇÕES ADVERSAS; EFEITOS COLATERAIS:

O LANDERTROPIN pode causar uma hiperglicemia temporária, que retornará ao seu valor normal com o uso contínuo ou descontinuando o uso.

Em estudos clínicos com crianças de baixa estatura, os efeitos colaterais puderam ser observados em aproximadamente 1% dos indivíduos. Os efeitos mais comuns são uma resposta local temporária no local da injeção (como dor, dormência, vermelhidão e inchaço e etc.) e sintomas de retenção de líquidos (como edema periférico, artralgia e mialgia). Esses efeitos colaterais têm um início precoce após o início da terapia, mas com uma redução na incidência e frequência ao longo do tempo que raramente influenciam as atividades diárias.

Durante o tratamento a longo prazo com LANDERTROPIN, alguns pacientes podem desenvolver anticorpos contra a proteína. A afinidade do anticorpo é geralmente baixa e não tem um significado clínico exato. Entretanto, se você não observar o efeito de crescimento esperado, existe a possibilidade de que a formação de um anticorpo esteja ocorrendo no corpo. Se a afinidade exceder 2 mg / L, isso pode interferir no tratamento.

PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS:

O tratamento com LANDERTROPIN deve ser prescrito diretamente por um médico qualificado.

Em doentes com diabetes mellitus, a dose de insulina pode necessitar de ajuste pelo médico antes de iniciar o tratamento com LANDERTROPINA.

Uma terapia simultânea com glicocorticoides inibirá o efeito da estimulação do crescimento de LANDERTROPINA. Os doentes com deficiência de ACTH devem ajustar cuidadosamente a dose de substituição de glucocorticóides para evitar um efeito inibitório do crescimento (ver INTERAÇÕES DE MEDICAMENTOS).

O hipotireoidismo pode ser desenvolvido durante a terapia com LANDERTROPINA em um número muito pequeno de pacientes, o que deve ser corrigido prontamente para evitar comprometer o efeito curativo da LANDERTROPINA. Portanto, a função tireoidiana deve ser verificada periodicamente durante a administração de LANDERTROPINA, e uma reposição de hormônio tireoidiano deve ser iniciada, se necessário.

Por vezes, o LANDERTROPIN pode reduzir a sensibilidade à insulina. Os pacientes devem ser cuidadosamente monitorados para verificar se não há intolerância à glicose.

LANDERTROPIN não deve ser usado em pacientes com hipersensibilidade conhecida à tetraciclina.

Não deve ser usado em mulheres grávidas ou amamentando.

MEDICAMENTOS PARA CRIANÇAS

Não há diferença significativa na farmacologia e farmacocinética da LANDERTROPINA entre crianças e adultos. Administrar LANDERTROPIN de acordo com o peso corporal.

MEDICAMENTOS PARA PACIENTES DE TERCEIROS

Não há relatos clínicos na população de pacientes idosos.

MECANISMO DE AÇÃO

A hGH é secretada pelo lobo anterior da hipófise. É um hormônio peptídico com 191 aminoácidos. LANDERTROPIN é um rhGH produzido por tecnologia de DNA recombinante em E. coli com expressão de secreção. O conteúdo e a sequência de LANDERTROPIN são completamente idênticos aos da hGH. O LANDERTROPIN é sintetizado em E. coli como pré-hormônio. O pré-hormônio é composto de hormônio do crescimento com um peptídeo sinal originalmente derivado da bactéria. O pré-hormônio é dividido no citosol das bactérias, e então o produto final, similar ao hormônio de crescimento nativo, é liberado no espaço periplasmático. O produto é então coletado através de lise da membrana externa, que deixa a membrana interna intacta, e através disso garante a não contaminação por outras proteínas da bactéria.

O efeito da expressão da secreção de rhGH é o mesmo que o do hormônio de crescimento exógeno no corpo humano. LANDERTROPIN estimula as cartilagens da célula osteoepífise para diferenciar e propagar; estimula o crescimento de células de cartilagem; estimula o osteoblasto para se diferenciar e regenerar; provoca aceleração do crescimento linear e aumento ósseo. LANDERTROPIN estimula a síntese de proteínas em todo o corpo; corrige a condição de um saldo negativo de nitrogênio após uma operação e outras lesões; Corrige a hipoproteinemia iniciada por infecções graves e cirrose hepática. LANDERTROPIN estimula a síntese de imunoglobulina; estimula a geração de tecido linfóide, macrófago e homeócito; aumenta a capacidade anti-infecção.

LANDERTROPIN estimula a síntese de células de colágeno para fibrócitos em feridas de queimaduras e incisões operatórias; estimula a diferenciação e geração de macrófagos; acelera a cicatrização de feridas. LANDERTROPIN estimula a síntese da proteína do músculo cardíaco; aumenta a força de contração do músculo cardíaco; diminui o consumo de oxigênio miocárdico; regula o metabolismo da gordura; reduz os níveis de colesterol e lipoproteína de baixa densidade no soro. LANDERTROPIN complementa a insuficiência e deficiência do hormônio do crescimento; ajusta o metabolismo da gordura, metabolismo ósseo, função cardíaca e renal.

FARMACOCINÉTICA

Foi relatado na literatura que os efeitos terapêuticos são os mesmos para administração subcutânea como intramuscular. Geralmente, a administração subcutânea provoca uma maior concentração de hormona de crescimento do que a administração intramuscular, mas as concentrações de IGF-I são as mesmas com estes dois métodos de administração. Geralmente, a absorção do hormônio do crescimento é lenta. A concentração do hormônio do crescimento no plasma atinge o pico 3-5 horas após a administração; geralmente a meia-vida de eliminação é de 2-3 horas. O hormônio do crescimento é eliminado pelo fígado e pelos rins, e o processo em adultos é mais rápido do que nas crianças. O hormônio de crescimento não metabolizado, eliminado diretamente pela urina, é muito pequeno.

Quase todos hormona de crescimento para a corrente sanguínea é ligado à hormona de crescimento de proteína de ligação de elevada afinidade (hGHBP) que aumenta a meia-vida da hormona de crescimento no soro. A aplicação da injeção em diferentes momentos não influencia a concentração do hormônio de crescimento no soro.

POSOLOGIA E COMO USAR:

Antes da administração, 1 ml de água para injecção, para o frasco de pó liofilizado de rhGH, e permitir que o solvente para deslizar lentamente para o lado do frasco. Agite a garrafa com um movimento rotativo suave até o conteúdo se dissolver completamente. Não agite vigorosamente.

A dose administrada deve ser individual para cada paciente. Para estimular o crescimento em crianças, a dose recomendada é de 0,1 – 0,15 UI / kg / dia, uma vez por dia, por injeção subcutânea. O período de tratamento é de 3 meses a 3 anos. Ou siga a receita do médico.

Para pacientes com queimaduras graves, recomenda-se uma dose diária de 0,2-0,4 UI / kg como injeção subcutânea. O período de tratamento é de aproximadamente 2 semanas.

A dose pode requerer um ajuste individual para terapia de reposição humana. Geralmente, a dose é de uma pequena dose, por exemplo, 0,5 UI (0,17 mg) / dia ou até 0,02 UI / kg / dia, é igual a 0,007 / mg / kg / dia; Após 1-2 meses de tratamento, a dose pode ser gradualmente aumentada para 0,04 UI ​​/ kg / dia, igual a 0,013 mg / kg / dia. A dose diária deve ser graduada de acordo com a determinação do fator de crescimento insulina-I (IGF-I) no soro. A dose pode ser diminuída com o aumento da idade.

INTERAÇÃO COM MEDICAMENTOS:

Uma terapia simultânea com glicocorticoides pode inibir o efeito da hGH. Geralmente, a dose de glicocorticoide não deve exceder 10-15 mg CORT / m2 de área superficial. A porcentagem de crescimento pode ser aumentada com a combinação com outros esteróides não androgênicos.

SOBREDOSAGEM (SINAIS, SINTOMAS, COMPORTAMENTO E TRATAMENTO):

Não há relatos de uma overdose aguda. Uma dose excessiva pode levar inicialmente a uma hipoglicemia e logo a uma hiperglicemia. Uma overdose de longo prazo pode resultar em sintomas de acromegalia, consistentes com os efeitos conhecidos do GH excessivo.

Mantenha a uma temperatura entre 2-8ºC, em local seco e fora do alcance das crianças. Proteger da luz

INDÚSTRIA PARAGUAI
INJETÁVEL:
Preparado por GeneScience Pharmaceuticals Co., Ltd.
72 Thiane St., Changchun Área de desenvolvimento técnico elevado